Como alcançar a perfeição

arjuna e krishna

“Alcança a perfeição quem quer que cumpra contente o seu próprio dever.
(…) Que a ninguém repugne seu dever natural, embora seu cumprimento seja acompanhado de inquietações.
Pois como a fumaça é inerente a toda chama, assim são as inquietações em relação à ação.
Dedica tu, em pensamento, todas as tuas ações a Mim, e, perseverando nesta atitude, estarás sempre com tua mente fixa em Mim.
Com tua mente fixa em Mim, com Minha graça vencerás todos os obstáculos.
Se, confiando apenas em ti, pensares “não lutarei”, e evitares a luta, vã será a tua determinação, pois tua natureza te lançará à luta.
Ó filho de Kunti!
O que por ilusão não desejares fazer, isso farás irremediavelmente, forçado pelos impulsos de tua própria natureza.
O Senhor Supremo como que atou todos os seres a uma roda girante de corpos e, habitando em seus corações, fá-los mover-se atraídos pelos objetos sensórios.
Fixa tua mente em Mim; sê Meu devoto; serve-Me; prostra-te diante de Mim, e desse modo chegarás até Mim.
Esta é a pura verdade, Eu te declaro, pois és Meu muito amado.
Desiste de todas as obrigações religiosas, e toma-me como teu único refúgio.
Eu te libertarei de todas as dificuldades. Não te aflijas.”

Excertos do Bhagavad Gita
Versos Selecionados por Niraj 

2 thoughts on “Como alcançar a perfeição

  1. “O que por ilusão não desejares fazer, isso farás irremediavelmente, forçado pelos impulsos de tua própria natureza. O Senhor Supremo como que atou todos os seres a uma roda girante de corpos e, habitando em seus corações, fá-los mover-se atraídos pelos objetos sensórios.”

    Ramana também disse:

    “Você tem que cumprir seu dever. Mesmo que queira escapar dele, você será obrigado a cumpri-lo. Deixe, então, seu corpo cumprir a tarefa para a qual foi criado. No Bhagavad Gita, Krishna diz a Arjuna que este seria obrigado a combater, quer ele quisesse ou não. Se seu destino for de cumprir determinada tarefa, você não poderá se abster de fazê-lo. E, por outro lado, você não poderá reaIizar uma atividade a que você não esteja destinado. O trabalho deve ser realizado, e você deve participar. Seu dever é executar a parte que lhe cabe.”

    Isso porque a liberação não tem a ver com o que fazemos ou deixamos de fazer. Com o objetivo de empurrar-nos para um estado de entrega, as escrituras e os sábios nos aconselham tomarmos a decisão de fazer o que temos de fazer. Parando de resistir a nossos impulsos naturais, e deixando que a natureza siga o seu curso, desapegamo-nos dos resultados de nossas ações. Ao experimentar esse desapego, compreendemos que a liberação está além de todos os acontecimentos que se dão em sansara, somos plenos independente do que quer que seja ou aconteça, e também dos resultados.

    O objetivo de Krishna, ao aconselhar Arjuna a ir fazer o que “ele deveria fazer”, era tirar o foco de Arjuna da luta contra o destino (já estabelecido em Sansara) e deslocá-lo para o ambito a Consciência que independe dos acontecimentos que estão no sansara. Em sansara tudo já está estabelecido, mas exteriormente à sansara está a Consciência. Por isso, quem luta com sansara, fica preso e impedido de deslocar o foco de sua atenção para a Consciência. Por isso a entrega: ela é o fundamento que permite a consciência relaxar, deixando de focar e lutar contra a força de maya, e deslocar-se para aConsciência real, a partir de onde todos os acontecimentos de maya são observados e vistos apenas como um filme ou cenas desfilando na frente dos olhos do observador. Nessa posição de observador está a liberdade e a plenitude… e também o desfrute, inclusive de Maya.

    Shanti!

  2. Alcançou a perfeição nesse comentário, Gu!! hahaha

    Namastê… Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ …
    _/\_

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s